Um Génio Guineense nos Estados Unidos da América…

Enquanto os interesses pessoais e de grupos, na Sociedade Guineense, continuam a privilegiar a apoteose de políticos e governantes guineenses, sem quaisquer obras dignas de registo, a bem do País e do Povo, volvidos 46 anos de independência nacional, não deixa de ser curioso, os Guineenses ignorarem, outros filhos da terra, distintos ACADÉMICOS e PROFISSIONAIS, ao mais alto nível das suas áreas de formação e acção, e fora do contexto da politiquice e do partidarismo do Estado, e que exercem, com Dignidade e Orgulho por serem Guineenses, e elevarem bem alto, ao topo, o nome da Guiné-Bissau, em diversos Países do Mundo, entre os mais desenvolvidos do nosso Planeta.

Por que os ignoramos?

Por que endeusamos este ou aquele, apenas por serem líderes partidários, e ignoramos todos os demais FILHOS da Guiné-Bissau, onde quer que se encontrem?

O Professor Joaquim Silva Tavares, conhecido entre os Guineenses por Djoca, é o meu Génio Guineense, como já manifestei por diversas vezes. Cada um de nós tem, obviamente, o seu Génio, e eu respeito o(s) Génio(s) de cada um.

Desde que está nos Estados Unidos da América, e já lá vão muitos anos, tem sido o rosto Guineense das Ciências Médicas, entre o Ensino, a Investigação e os Cuidados com os doentes, ao mais alto nível, com Distinções e Reconhecimentos nessas 3 vertentes e que orgulham qualquer Guineense.

Por estes dias voltou a merecer mais um importante reconhecimento, só ao alcance dos melhores, na sua área de formação, cuja nota partilhamos neste artigo.

Parabéns ao nosso Génio Guineense, Professor Doutor Joaquim Silva Tavares (Djoca)!

Parafraseando o nosso também ilustre académico Dr. Huco Monteiro: “Fidjo di Guiné Bali Pena!”

Positiva e construtivamente.

Didinho 08.09.2019

Artigos de referência sobre o Professor Doutor Joaquim Silva Tavares (Djoca)

Da Guiné-Bissau aos Estados Unidos da América, o percurso de um Génio

Um Génio Guineense na lista dos melhores médicos nos Estados Unidos da América

ORGULHO GUINEENSE – DR. JOAQUIM SILVA TAVARES INTEGRA A LISTA DOS TOP DOCS 2015

Espaço SAÚDE

Djoca – Nô Djunta Mon

 

Didinho, Saúde, Sociedade, , , , , ,

Fernando Casimiro

View posts by Fernando Casimiro
Didinho (Fernando Jorge Gomes da Fonseca Casimiro) nasceu em Bissau, República da Guiné-Bissau, em 15 de agosto de 1961 onde fez os seus estudos primários e secundários. Desportista polivalente, foi professor de Judo, tendo participado nalgumas manifestações nacionais e internacionais da modalidade. Em novembro de 1981, deixou Bissau, rumo a Angola, onde veio a ingressar na marinha mercante grega, tendo em 1984 atingido o posto de Oficial Maquinista Naval. Viajou um pouco por todo o Mundo, registando um histórico de 70 países visitados. Após deixar a marinha mercante em 1988, fixou residência em Portugal, onde trabalhou na área de Manutenção Industrial e Metalomecânica até maio de 2015. Empenhado no desenvolvimento e promoção do seu país, criou em 2003 o Projeto “Guiné-Bissau: Contributo” com o objectivo de sensibilizar a opinião nacional e internacional para os problemas da Guiné-Bissau e de contribuir para a busca de soluções para os mesmos. Frequentou o curso de licenciatura em Ciências Sociais, tendo a Ciência Política e a Administração Pública como áreas de especialização. É Consultor para assuntos Políticos, Comunicação e Informação. Autor de vários artigos, nomeadamente sobre a Guiné-Bissau, colabora com diversos órgãos de informação. Humanista, pensador, escritor, poeta, fotógrafo, ativista social, analista e cidadão político, assim é a abrangência multifacetada de um homem simples e apaixonado pela Vida. É sócio efetivo nº 1441 da Associação Portuguesa de Escritores desde 23 de maio de 2017 A 09 de Maio de 2018 publicou o seu primeiro livro de poesia, intitulado MINHA TERRA, MEU UMBIGO, sua 4.ª obra literária, depois de: 1 – O MEU PARTIDO É A GUINÉ-BISSAU – COLECTÂNEA DE TEXTOS EDITORIAIS – VOL. I – 16.08.2016 2 – O MEU PARTIDO É A GUINÉ-BISSAU – COLECTÂNEA DE TEXTOS EDITORIAIS – VOL. II – 22.08.2016 – EUEDITO. 3 – O MEU PARTIDO É A GUINÉ-BISSAU – COLECTÂNEA DE TEXTOS EDITORIAIS – VOL. III – 08.10.2016 – EUEDITO.