O BLOG DA FAVRINHA

 

Fernando Casimiro (Didinho)

didinho@sapo.pt

07.12.2009

Fernando Casimiro (Didinho) Hoje, durante a minha hora de almoço, aproveitei para fazer uma pesquisa sobre mim através do Google. É habitual fazê-lo, mas há um bom tempo que não arranjava disponibilidade para isso.

Às tantas deparei com referências minhas no Blog da Favrinha cliquei e acedi.

Flávia Cristina "Fravinha" é uma jovem brasileira, de São Paulo, que um dia viu-se confrontada com a seguinte questão: "Qual o verdadeiro motivo para haver tanta miséria em África?"

Não esperou que alguém lhe desse resposta, foi pesquisar e deu com "ÁFRICA: INFELIZMENTE, ATÉ HOJE, A VIVER NA ERA DO ILUSIONISMO!" de Fernando Casimiro (Didinho).

Gostei do que li, bem como do vídeo produzido pela Favrinha.

É óptimo saber que o nosso trabalho não serve apenas aos guineenses e que, com ele, estamos a contribuir para a Mudança de mentalidades e atitudes, um pouco por todo o Mundo.

Obrigado Favrinha!

Vamos continuar a trabalhar!

http://fravinhaartista.blogspot.com/2009_09_01_archive.html

 

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Sobre o video - Michael Jackson Earth Song

 

 

Tudo começa...depois da morte de Michael Jackson...infelizmente!

Passava um especial na MTV sobre ele.No primeiro lugar ficou Earth Song, que a propósito,eu nunca tinha visto o video completo.Eu fiquei pasma!A música...e as imagens,foi tão além do comum que até me emocionei.

Foi depois de ver o clipe, que eu tive a ideia de fazer um video com essa música,mais tendo minhas imagens (meu conteúdo).

No inicio pensei em usar desenhos.Usar a Internet para buscar as imagens, daí...eu desenhar tendo como base aquela imagem que eu busquei,porém um problema! Não consigo terminar um desenho em um dia,e isso não seria bom,iria demorar demais! A solução...photoshop! Cada foto teria um "toque especial", eu adicionei sombra e luz,não mudando a imagem original,só aplicando esses dois elementos.As imagens também teriam a base do clipe do Michael,encluíndo alguns temas atuais,tipo a gripe suína.

Tirar fotos da Internet e fazer um video é facil! Por isso...que a minha intenção era mudar um pouco,por isso que tratei logo de descobrir que eu poderia acrescentar nas imagens (como mencionei antes ,sombra e luz). Como vocêis podem ver,eu só trabalhei nessa parte mesmo. Enquanto eu trabalhava nas imagens,uma pergunta veio à minha cabeça,"Qual era o verdadeiro motivo pra existir tanta miséria na África?",então eu fui atrás de respostas (é sério... eu não sabia!). Achei um post (eu não sei se é assim que chama),chamado "África: Infelizmente,até hoje,a viver na Era do Ilusionismo!",bom...com certeza iria ter coisas escritas sobre o assunto que eu queria saber..Era na verdade um desabafo de Fernando Casimiro (didinho).Para não ter problemas de mais tarde,eu ficar com "dúvidas"sobre aquilo que eu lia,eu resolvi escreve no meu caderno.No final havia escrito aquela mensagem; "Cultivamos e incentivamos o exercício da mente, desafiamos e exigimos a liberdade de expressão, pois é através da manifestação e divulgação do pensamento (ideias e opiniões),que qualquer ser humano começa por ser útil à sociedade!".Parece...que quando as coisas são para acontecer,elas realmente acontece! sabe?...era o que eu pensava.Eu nunca fui de fazer coisas para Causa Social tipo... "visitar famílias carentes"ou "participar dessas coisas sociais", mais isso que eu li de alguma forma,me incentivou a terminar o meu video.De algum jeito, eu não sei! Poderia ajudar alguém... se conciêntizar por exemplo.Foi depois disso que eu fui da uma espiadinha no site www.didinho.org, para conhecer mais sobre Fernando Casimiro,agora simplesmente, esse cara ganhou uma admiradora.Das palavras que ele escreve,eu consigo enchergar as respostas que eu faço para mim. Agora...eu descobri um jeito novo de fazer apresentações de uma imagem!

Essa é para quem não viu o video! Espero que gostem!

 

 

domingo, 27 de setembro de 2009

Minha reflexão

 

Durante o processo de produção do vídeo,eu fui fazendo uma reflexão sobre as imagens (fotos),e sobre mim.A conclusão sobre essa reflexão foi; Eu não iria para a África,só para ver aquele monte de pessoas sofrendo, não é justo! Você não quer ter recordações de pessoas sofrendo,são péssimas lembranças! Já ouvi dizer...que quem sabe compartilhar com a dor de outras pessoas, tem um espírito de solidariedade.Se isso é mesmo verdade, então sou muito solidaria. Não iria a África, mais tento estar no lugar dessas pessoas,isso é sério ! Tente... pelo menos por 1 minuto fazer isso. Olha só como eu tentei enxerga através dos olhos dessas pessoas. Pense... "Chegando no final da tarde,seu corpo da sinal que precisa de alimento.Você olha para todos os lados e a única coisa que você vê, são pessoas na mesma situação.O que fazer?... é esperar por uma boa alma vir até aqui e me ver desse jeito,eles vão perceber que estou com fome.Enquanto isso...meu corpo,mais uma vez, se alimenta da minha própria carne,para mim ter mais uma chance." Quando menciono "que nunca iria a África",é por causa de uma situação que vivi.Meu avô adoeceu, e eu não fui vê-lo no hospital.Parece que foi egoísmo da minha parte,mais eu explico! Queria ter lembranças dele quando era um homem forte,quando andava e quando limpava o jardim(que era a coisinha que ele se orgulhava fazer),não queria ter a última recordação dele,deitado em uma cama de hospital.Por um pedido da minha mãe,eu acabei visitando ele (depois que ele recebeu alta do hospital,e estava na casa de uma tia minha),minha mãe me disse, que ele perguntou de mim e que nessas horas era melhor atender a esse pedido... poderia ser o último dele.Fui até lá...ele estava de cama,não falava,só se alimentava através de uma sonda...foi horrível! eu não sabia que fazer,nem ao menos falei com ele,pelo menos ele me viu,e era isso que ele queria mais... fiquei sem reação.Fiquei o tempo todo na área de fora da casa, o que eu podia fazer?. Depois de um tempo, chegou a hora dele comer,fui até o quarto... eu queria ver como era.Eu não me lembro como aconteceu, meu avô começou a passar mal,ele começou a vomitar.Entrei em desespero...minha reação foi de sair de lá o mais rápido possível.Mais por algum motivo a porta do quarto não abriu.Eu olhei para a minha tia (que nessa hora erguia a cabeça do meu avô para ele não engasgar),e abri um sorrizinho amarelo,sem jeito eu disse que eu não gostava de ver aquilo! Para a minha surpresa, minha tia me responde, que também não gostava!Por um instante, aquele estranho sentimento de medo se foi.Na mesma hora, minha tia me chama para ajudar a levantar o meu avô,precisava trocar a camisa dele,isso aconteceu a muito tempo atrás e infelizmente,ele não resistiu.Foi por causa disso que eu tirei essa conclusão"não iria a África",realmente ver alguém precisando de ajuda e seu primeiro pensamento é, sair correndo de lá o mais rápido possível, literalmente...não combina.Não me condenem por pensar assim...deve ser por causa da minha falta de experiência em sociedade. Agora a respeito de animais.Eu fiz (acredite se quiser),uma reflexão,de como seria a visão de uma foca,durante um ataque cruel de um homem contra ela."Você se arrasta, mal dá para correr.Um outro animal aparece em sua frente.Um animal maior de pernas compridas de pele esquisita,que parece está muito bravo,talvez com ódio,mais...por que?Você foge...vira para o outro lado,mais está cercado.Na mesma hora, você sente uma dor em suas costas, algo te perfura,em seguida a mesma dor,só que em sua cabeça...e tudo escurece". Me arrepia ver cenas dessas.Vou ser muito sincera...não sou vegetariana em troca de preservar os direitos dos animais.Eu sei respeitar culturas,tipo... Um índio!Você não pode convencer um índio a para de caçar,pois faz parte da sua cultura.Sei também a diferencia de, criar animais para utilizar a carne,o couro etc... para consumo de toda população ,e a diferencia de matar esses animais para ser comercializados como verdadeiras jóias entre interresados, que querem exibir casacos de pele caríssimos, claro! Dos 2 jeito são mortes...eu sei!Mais a diferencia realmente está do jeito que são mortos.Será justo?...eles nós beneficia com algo a + ,morrem para que outros serem não morram(nesse caso que menciono agora é de fome) , também tem aquilo..."Eu só como carne por que eu não vejo matando",com certeza se eu morasse em uma fazenda,todos os bichos seriam da família.Esse é o meu jeito...se apegar de um modo emocional para qualquer coisa,principalmente animal. Me lembro de um sonho que eu tive depois de ver uma reportagem (se não me engano), foi no Domingo Espetacular.A reportagem era, sobre um cinegrafista que estava fazendo varias cenas, em um lugar onde ocorria muitos bombardeios.A mais ou menos... 10 metros de distância dele explodiu uma bomba,o cinegrafista consegue registrar bem o exacto momento da explosão.Para saber que aconteceu,ele corre e grava cenas de gente saindo de suas casas,rastejando no chão.Elas estavam machucadas por causa dos estilhaços da bomba. Dois dias depois eu sonhei...que essa bomba explodiu,bem em baixo de mim."Senti o impacto da bomba...minha cabeça ficou pesada,meus ouvidos parecia que tinha algo atravessando dentro deles...só conseguia ouvir um som abafado e gritos bem distantes.Olhei para as minhas mãos e estavam cinzas,quase não as enxergava".Se isso realmente são consequências que acontecem a uma pessoa,depois de uma explosão, eu não sei afirmar,porém...eu acabei sentindo através desse sonho. Sou inexperiente...não sei lidar com situações que exigem pensamento rápido e alto controle.Mais quem sabe...ao longo do ano, a idade venha e que possa trazer com ela, qualidades que me ajudem a adquirir experiência,ou como o próprio Fernando Casimiro (didinho),já disse .......através da divulgação (ideias e opiniões),que qualquer ser humano começa por ser útil à sociedade!.......Espero ter conseguido fazer você refletir sobre esses acontecimentos!

 

COMENTÁRIOS AOS TEXTOS DA SECÇÃO EDITORIAL


Cultivamos e incentivamos o exercício da mente, desafiamos e exigimos a liberdade de expressão, pois é através da manifestação e divulgação do pensamento (ideias e opiniões), que qualquer ser humano começa por ser útil à sociedade! Fernando Casimiro (Didinho)

PROJECTO GUINÉ-BISSAU: CONTRIBUTO - LOGOTIPO

VAMOS CONTINUAR A TRABALHAR!

Projecto Guiné-Bissau: CONTRIBUTO

www.didinho.org